A utilização das tecnologias da informação e as comunicações no ensino de história, no II ciclo de ensino secundário nos estudantes do liceu do Sumbe. (Original)

Palabras clave: ensino - aprendizagem; ensino de história; novas tecnologias; alunos – professor

Resumen

O presente trabalho tem como objetivo a elaboração de uma metodologia que contribua a o uso das TICs em o processo de ensino de História. Parte do problema de como contribuir para a utilização das novas tecnologias da comunicação e a informática no processo de ensino de História. Visa estudar o uso da tecnologia como importante recurso metodológico em sala de aula, mais atraente e motivadora, com enfoque nas concepções pedagógicas em levantamentos de uma amostra de professores do segundo ciclo do Liceu do Sumbe. A utilização das TICs, em o processo de ensino de história constitui uma das temáticas pertinentes nos tempos atuais já que sua utilização estimula uma formação mais criativa e crítico no ensino da história. A discussão e às diferentes tendências nas últimas décadas, e em relação de como conceber seu uso e quais recursos são necessário, fazendo estratégias contextualizadas que permitam seu uso como recurso didático nas aulas de História. A metodologia da utilização das TICs no processo de ensino da disciplina do II ciclo no Liceu do Sumbe e estruturada em cinco fases: diagnóstico, organização, planejamento, execução e controlo, e avaliação é concebida como um processo organizado e coerente, que se desenvolve de forma sistémica. Ela possibilita a orientação do professor e propõe ações que facilita a utilização das TICs no Processo de Ensino e Aprendizagem de História em o II ciclo.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor

Milton Chaves de Azevedo, Liceu de Sumbe. Cuanza Sul, Angola.

Graduado em Ciências da Educação na opção História. Professor de Ensino Secundário.

Elche Horácio Kassoma Fonseca de Almeida, Repartição de Educação Sumbe. Cuanza Sul, Angola.

Graduado em Ciências da Educação na opção História.

José Quiliano Rosales Rivero, Universidade de Granma. Bayamo, Cuba.

Doctor en Ciencias Históricas. Profesor Titular.

Citas

Nacingue M. J. (2015) As TIC e a formação de professores: trabalho de Projecto de: Mestrado em Gestão de Sistema de E-learning. F Ciências Sociais e Humanas. Lisboa. Em:https://run.unl.pt/bitstream/10362/16163/1/Trabalho%20de%20projecto
Angola, Assembleia Nacional. (7 de Outubro de 2016). Lei de Bases do Sistema de Educação e Ensino. Diário da República, I Série, No 170, p. 3993-4013.
Angola, Ministério da Educação (2013) Programa de História 2º Ciclo do Ensino Secundário - Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento Gest Gráfica, S.A. Ano / Edição / Tiragem /
Guedes, A. S. (12 de abril 2019). O uso das TIC pelo professor no ambiente de ensino. http://www.slideshare.net/smaga.alb/o-uso-das-tics-pelo-professor-no-processo-de-ensino-aprendizagem-5185917
Ferreira, C. A. (1999). Ensino de História e a Incorporação das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação: uma reflexão. Revista da História Regional. 4(2). Disponível em: http://www.uepg.br/rhr/v4n2/carlos.htm.
França, C. S. e Simon, B. S. (2005) Como conciliar o ensino de história e as novas tecnologias. Disponível em WWW.uel.br.
Lévy, P. (1993) As tecnologias da inteligência - o futuro do pensamento na era da informática. Tradução Carlos Irineu da Costa, Rio de Janeiro: Ed. 34.
Lorenzo, J. (10 setembro 2019). Discurso de Sua Excelência Joao Lorenzo Presidente da República de Angola No Fórum investir em África Brazzaville. Em: wwwangola.or.jp/pt 2019/0911.
Masetto, M. T. e Moran, J. M. (2013). As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Ed. 34.
Masetto, M. T. (2013). Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. Campinas. Ed. Papirus, 21ª edição revista e atualizada. p. 141 – 171; p. 11 – 72.
Miranda, G. L. (2007). Limites e possibilidades das TIC na educação. Sísifo. Revista de Ciências da Educação, 3, pp. 41-50. http://sisifo.fpce.ul.pt
Pérez, E. C.(s/f). Alternativa metodológica para la utilización de la informática como medio de enseñanza. Em: http://www.udlap.mx//tecnologia/ensenanzadelacomputacion.pdf.
Schmidt, M. A. (2004). A formação do professor de história e o cotidiano da sala de aula. In: Bittencourt, Circe. O saber histórico na sala de aula. 9. ed. São Paulo, Brasil: Contexto.
Trindade, S. (2011). As novas tecnologias ao serviço da complexidade no ensino da História. In Challenges 2011- VII Conferência Internacional de TIC na Educação. Braga: Universidade do Minho, 1725-1729.
Vieira, R. S. (2011). O papel das tecnologias da informação e comunicação na educação: um estudo sobre a percepção do professor/aluno. Formoso - BA: Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), v. 10, p. 66-72.
Tarrafo, A. A. (2009) Alternativa metodológica para favorecer la dirección del trabajo independiente, a través de la informática en la Educación Preuniversitaria. Tesis en opción del título académico de Máster en Ciencias de la Educación. Holguín, Cuba.
Publicado
2020-12-16
Cómo citar
Chaves de Azevedo, M., Kassoma Fonseca de Almeida, E., & Rosales Rivero, J. (2020). A utilização das tecnologias da informação e as comunicações no ensino de história, no II ciclo de ensino secundário nos estudantes do liceu do Sumbe. (Original). Roca. Revista Científico - Educacional De La Provincia Granma, 17(1), 13-31. Recuperado a partir de https://revistas.udg.co.cu/index.php/roca/article/view/2127
Sección
Artículos