Resistência de três variedades de tomate à Tuta Absoluta na região Cuanza Sul (Original)

Autores/as

Palabras clave:

Solanum lycopersicum; Tuta absoluta; diâmetro equatorial do fruto; parâmetros de resistência.

Resumen

A cultura do tomate (Solanum lycopersicum L.) abrange grandes áreas de cultivo e emprega considerável mão de obra. A sua expansão favoreceu o desenvolvimento da Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) que afecta consideravelmente a sua produção. Este artigo teve como objectivo avaliar à resistência do tomate IPA6, Rio Grande, e Elgon à Tuta absoluta, em condições de campo na Estação Académica 2 do ISP-Cuanza Sul. O experimento foi conduzido em delineamento em blocos casualizado (DBC) com três blocos e três repetições. Foi constituído por nove mini-estufas de 1,70 x 1,70 x 1,70 m separadas entre si por 0,8 x 0,8 m; onde foram colocados os vasos de polietileno de cinco 5 litros contendo uma mistura de solo, areia e matéria orgânica. A área total do experimento foi de 98 m² e a útil de 15,3 m²; teve um total de 45 plantas na razão de 15 plantas por variedades e uma planta por vaso com o espaçamento de 0,4 x 0,4 m. Observou-se diferenças significativas nas médias dos parâmetros de Resistência dos T1, T2 com relação ao T3, referente ao número de folhas raspadas, número de folhas furadas. Os restantes parâmetros não se verificaram diferenças significativas. As médias dos parâmetros de rendimento diferenciaram-se significativamente no diâmetro equatorial do fruto entre os tratamentos T3 e T1 com o T2. As variedades IPA6 e Rio grande mostraram-se mais resistente face ao ataque da Tuta absoluta. Enquanto que a Elgon foi a menos resistente.

Biografía del autor/a

  • Francisco Sirilo Lissimo, Instituto Superior Politécnico de Cuanza Sul. Sumbe. Província, Cuanza Sul. Angola

    Licenciando en Agronomía. Professor Assistente.

  • Joel Fausto Eculica, Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul. Sumbe. Província, Cuanza Sul. Angola

    Licenciado em Agronomía. Doutor em Proteção de Plantas. Professor Auxiliar.

  • Alain Ariel de la Rosa Andino, Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul. Sumbe. Província, Cuanza Sul. Angola

    Engenheiro em Mecanização Agropecuária. Doutor em Ciências Técnicas Agropecuárias. Professor Catedrático.

Referencias

Álvarez, M. (2015). Resistencia a insectos en tomate (Solanum spp.). Cultivos Tropicales, 36(2), 100-110. https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=193239249015

Benites, D., Rodrigues, N. E. L., Rodrigues, C. A., Moreiradias, K. & Boiça, A. (2021). Influência de traça-do-tomateiro (Tuta absoluta) e genótipos de tomateiro na atração de Podisus nigrispinus. Revista Cerrado Agrociências, 12, 9-18. https://revistas.unipam.edu.br/index.php/cerradoagrociencias/article/view/4082/1730

Boiça, A. L., Bottega, D. B., Lourenção, A. L., e Rodrigues, N. E. L. (2012). Não preferência para oviposição e alimentação por Tuta absoluta (Meyrick) em genótipos de tomateiro. Arq. Inst. Biol., 79(4). https://www.scielo.br/j/aib/a/yBt6H5Hp6VbnPFCd6kYD6By/?lang=pt

Corrêa, D. (2020). Produção de mudas de tomate com bioestimulante. Revista Agronomia Brasileira, 4, 1-3. doi: https://10.29372/rab202006.

De Souza, J. V., Rodrigues, F., Cavalcante de Sousa, M. d. S., Silva, P. B., Lourenço, Y. & Araújo, G. (2022). Manejo de Tuta absoluta em tomate cereja em cultivo protegido na Serra da Ibiapaba, no Ceará. Brazilian Journal of Development, 8(10), 69169-66918. doi:10.34117/bjdv8n10-277.

Dias, D. M., de Resende, J. T. V., Zeist, A. R., Gabriel, A., Santos, M. H. & Vilela, N. C. (2019). Resistance of processing tomato genotypes to leafminer (Tuta absoluta). Horticultura Brasileira, 37 (1), 40-46. doi: 10.1590/s0102-053620190106.

Ferreira, W., Wamser, A. F., Feltrim, A. L., Suzuki, A., dos Santos, J. P., Valmorbida, J., Hahn, L., Marcuzzo, L. L. & Mueller, S. (2016). Sistema de produção integrada para o tomate tutorado em Santa Catarina. Florianópolis, SC: Epagri. https://www.agrolink.com.br/downloads/SistemaIntegradoTomateTutoradoemSC.pdf

Knapp, F. M. (2023). Respostas da cultura do tomate para processamento industrial a fatores ambientais e irrigação. [Tese de doutoramento, Universidad fedral de Goiás]. https://repositorio.bc.ufg.br/tede/items/f7550e09-c591-4542-8e4f-7b1f36e86406

Lopes, E., Manoel, F. d. M. & Neves, R. (2021). Efeito de inseticidas botânicos sobre a mortalidade de Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) em plantas de tomateiro. Entomology Beginners, 2, 1-4. https://doi.org/10.12741/2675-9276.v2.e005.

Maciel, G. M., Maluf, W. R., Silva, V. d. F., Gonçalves, Á. C., e Augusto, L. A. (2011). Híbridos pré-comerciais resistentes a Tuta absoluta obtidos de linhagem de tomateiro rica em acilaçúcares. Horticultura Brasileira, 29, 151-156. doi: 10.1590/S0102-05362011000200003.

Monteiro, P. (2019). Controle de larvas de Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae) utilizando nematoides entomopatogênicos e variedades resistentes de tomateiro. [Tese de licenciatura, Universidade Federal de Uberlância, Monte Carmelo]. https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26121

Oliveira, L., Borges, I., Silva, D., Durão, A. C. & Soares, A. O. (2023). Abundance of Tuta absoluta (Meyrick, 1917) and its natural enemies on tomato crops in greenhouses of different production modes (Azores, Portugal) (Lepidoptera: Gelechiidae). SHILAP Revista de lepidopterología, 51 (201), 59-70. https://doi.org/10.57065/shilap.437.

Pessoa, R., Sampaio, L., Gomes, J. & Guzzo, C. (2015). Bioecologia da Traça-do-Tomateiro: Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae) na Região Agreste de Alagoas, Nordeste do Brasil. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/137730/1/Resumo-ENCCULT-Barros-et-al-2015.pdf

Resende, N. C. V., da Silva, A. A., Maluf, W. R., de Resende, J. T. V., Zeist, A. R. & Gabriel, A. (2020). Selection of tomato lines and populations for fruit shape and resistance to tomato leafminer. Horticultura brasileira, 38 (2), 117-125. http://doi.org/10.1590/S0102-053620200202.

Publicado

2024-05-10 — Actualizado el 2024-06-17

Versiones

Cómo citar

Resistência de três variedades de tomate à Tuta Absoluta na região Cuanza Sul (Original). (2024). REDEL. Revista Granmense De Desarrollo Local, 8(3), 199-217. https://revistas.udg.co.cu/index.php/redel/article/view/4580 (Original work published 2024)